Como reduzir a conta de luz? 8 dicas!

Como reduzir a conta de luz

É unânime: todas as pessoas querem descobrir como reduzir a conta de luz, seja para uso residencial ou para uso comercial.

Existem algumas alternativas e dicas simples do dia a dia que podem ajudar a reduzir essa despesa e tornar empresas mais rentáveis, ou melhorar a economia doméstica.

Pensando em como reduzir a conta de luz, decidimos criar esse material com oito dicas.

Quer saber mais? Continue a leitura! 

A importância de conhecer alternativas de como reduzir a conta de luz

Saber como reduzir a conta de luz sem reduzir a qualidade de vida dos moradores de uma residência ou colaboradores de uma empresa é fundamental.

Afinal, quando reduzimos algumas despesas, conseguimos reorganizar nossas finanças e realocar esse valor para algumas áreas que exigem mais atenção, mais cuidado ou até mesmo em investimentos que estavam parados em algum momento.

Preocupar-se e buscar alternativas de como reduzir a conta de luz não deve ser uma exclusividade de empresas: as residências também podem usufruir dessa redução, ganhando mais autonomia e reduzindo em até 95% essa despesa.

Como reduzir a conta de luz?

Saber como reduzir a conta de luz é um desejo de todos os brasileiros — sejam eles pessoas físicas ou pessoas jurídicas.

Separamos no artigo de hoje algumas dicas que podem te ajudar, tanto para a redução das despesas em energia elétrica nas empresas quanto em residências.

As principais dicas são:

  • utilize as lâmpadas corretas;
  • apague as luzes ao deixar um cômodo;
  • desligue da tomada os aparelhos que não estão sendo utilizados;
  • aproveite a iluminação natural dos ambientes;
  • utilize sensores de luz;
  • opte por equipamentos mais econômicos e adequados;
  • opte por paredes de cores mais claras;
  • invista em energia solar.

Vamos ver um pouco mais sobre cada uma delas a seguir.

1. Utilize as lâmpadas corretas

O primeiro passo para começar a economizar e reduzir a conta de luz é utilizar as lâmpadas corretas.

Para isso, é importante trocar as lâmpadas incandescentes por lâmpadas fluorescentes, que auxiliam nessa economia.

Se você puder optar por lâmpadas no modelo LED, melhor ainda — além de ajudar a economizar mensalmente na conta de luz, esse modelo também é reciclável.

2. Sempre que deixar um cômodo, apague as luzes

Essa é uma dica simples, por muitas vezes você já deve ter ouvido, mas é comum que a gente se esqueça de apagar as luzes de um cômodo ao sairmos do mesmo no dia a dia.

Observe a rotina em casa, por exemplo: você sempre apaga as luzes da sala quando vai para a cozinha, ou vice e versa?

Observe se você já possui esse hábito ou se ainda mantém as luzes acesas quando está transitando entre os cômodos da casa.

3. Desligue da tomara os aparelhos que estão fora de uso

No dia a dia, é comum que a gente se esqueça de desligar alguns aparelhos eletrônicos ou eletrodomésticos que estão fora de uso.

Carregadores de notebook e celulares conectados na tomada, mesmo que sem o aparelho propriamente dito recebendo aquela carga, já estão consumindo energia elétrica.

Televisores, microondas e demais aparelhos de uso pontual também consomem energia quando estão plugados na tomada, mesmo que estejam, em tese, desligados.

Tendo isso em mente, é preciso criar o hábito de desconectar da tomada tudo aquilo que não está sendo usado.

4. Aproveite a iluminação natural

Um outro detalhe extremamente importante, tanto para as empresas quanto para as residências é aproveitar a iluminação natural.

Sempre que possível, opte por espaços bem arejados, com grandes janelas, espaços abertos e maior incidência de luz solar diariamente.

Isso auxilia na redução do consumo de energia elétrica, uma vez que não será necessário acender as luzes durante boa parte do dia.

5. Utilize sensores de luz

Em empresas ou na área externa das residências, os sensores são uma ótima estratégia de como reduzir a conta de luz. 

Eles permitem que as luzes acendam quando alguém entra no ambiente e apaguem automaticamente quando nenhuma pessoa é identificada no local.

Pode ser uma boa ideia principalmente para áreas de passagem, como corredores, escadas, etc.

6. Dê preferência para aparelhos mais econômicos

Ao comprar equipamentos para empresa, eletrodomésticos ou eletroeletrônicos, sempre dê preferência para os produtos que possuem o selo de eficiência energética do Procel — Programa Nacional de Conservação de Energia Elétrica.

Entre as opções, se possível escolha aqueles que consomem menos eletricidade.

Caso você esteja comprando equipamentos ou aparelhos eletrônicos de outro país, procure aqueles com o selo Energy Star — esse selo também garante que o aparelho funcionará da melhor forma possível consumindo menos energia elétrica.

7. Opte por paredes em cores mais claras

Assim como a iluminação natural pode ser uma grande aliada em como reduzir a conta de luz, as paredes mais claras também podem ser uma boa ideia.

Elas refletem mais luz, o que faz com que não seja necessário consumir mais energia com as lâmpadas extremamente potentes. 

Repare que, em ambientes com paredes e cores mais escuras, é preciso utilizar lâmpadas para dar a iluminação adequada — mas no caso de espaços mais claros, há menos necessidade durante o dia.

8. Invista em energia solar

O investimento em energia solar está aumentando, tanto para empresas quanto para residências.

Isso acontece porque, ao contrário do processo de produção de energia através de hidrelétricas, a energia solar é capaz de ser produzida de forma muito mais simples, rápida e prática, em um investimento muito grande e, principalmente, sem passar por uma infinidade de processos até poder ser, de fato, utilizada.

Para a produção de energia solar, é preciso instalar painéis solares, uma bateria específica e um conversor, que irá transformar os raios solares em energia solar pronta para uso.

Quando consideramos o uso residencial de energia solar, conseguimos observar maior autonomia energética, além de uma redução de até 95% no valor da conta de luz mensalmente.

Para além disso, o sistema de energia solar instalado tem uma excelente durabilidade, exige pouca manutenção, não produz nenhum tipo de som ou incômodo para os moradores e seu investimento costuma ser recuperado, em média, em até quatro anos.

Saber como reduzir a conta de luz pode trazer muita autonomia para empresas e residências, além de aumentar a rentabilidade e garantir mais organização e tranquilidade financeira.

O investimento em energia solar se mostrou uma das alternativas mais interessantes para esses dois cenários, e é por isso que a UV Energia Solar pode te ajudar: temos expertise na área e uma equipe extremamente capacitada, para te ajudar durante todo o processo de planejamento, instalação e uso das placas fotovoltaicas no dia a dia.

Quer saber mais? Entre em contato conosco.

Leave a Reply

Your email address will not be published.